A virada: quatro maneiras de tornar sua próxima campanha notável

Da nossa nova série Lift – Uma colaboração entre o Facebook e profissionais de marketing especialistas e sem fins lucrativos que desenvolveram estratégias únicas e eficazes para ajudar organizações sem fins lucrativos a criar impacto.

O que é algo notável?

Nas negociações climáticas da ONU em Paris, a atração mais notável foi uma obra de arte. O Greenpeace havia criado um urso polar animatrônico de dois andares que rugia, construído com pedaços de embarcações naufragadas. Na entrada do Parc des Expositions, a ursa polar Aurora rugiu, dando um alerta sobre a necessidade de uma política global de mudança climática. Ela se tornou o plano de fundo de milhares de selfies.

O evento tinha 40 acres de salas de exposições com centenas de estandes. Todas as instalações disputavam atenção: a França oferecia o próprio wine bar; Índia, um trabalho em água; os EUA, um teatro. No entanto, o Greenpeace e a Aurora conheciam o segredo: todas as organizações precisam ter uma comunicação convencional e imediata para sobreviver, mas é necessário criar momentos notáveis para prosperar.

A ursa polar Aurora é um exemplo do que chamo de “notável”. Inspirado pelo guru do marketing Seth Godin, refere-se a uma campanha “digna de ser notada”. Vejamos algumas ações notáveis recentes:

  • No Dia Internacional da Mulher, uma confeitaria romena começou a vender pães e doces que eram literalmente gráficos em formato de torta, mostrando a desigualdade de gênero e de salário.
  • No Dia dos Namorados, um zoológico de Nova York ofereceu a chance de dar a uma barata de Madagascar o nome de um ex-namorado. Com dez dólares você comprava uma certidão digital com o nome do seu ex!

A virada é a mudança que você faz em uma ideia de campanha comum para torná-la extraordinária.

Darren Barefoot – Capulet Communications

Construa seu próprio momento notável

Então, como você cria essas campanhas compartilháveis que chamam a atenção e alcançam (e recrutam) novos apoiadores? Existem muitas abordagens, mas eu incentivo as organizações a pensar no que eu chamo de “virada”.

A virada é a mudança que você faz em uma ideia de campanha comum para torná-la extraordinária. No exemplo da barata, a virada inverte o ato convencional de comprar “direitos de nomeação” para alguém que você ama. Como comprar uma estrela, para um parceiro romântico.

Trabalhamos recentemente com o Hospício Infantil de Canuck Place, que faz um trabalho vital para crianças doentes, para ajudá-lo a criar uma campanha notável chamada “Best Day Ever” (“Melhor dia de todos”). A peça principal da campanha foi uma cabana de cobertor gigante no centro da cidade, cheia de cupcakes e princesas da Disney.

A fórmula da virada

Em um cenário de marketing lotado, qualquer coisa que seja menos que notável ficará invisível e inaudível. Aurora guardou o segredo. Agora você também sabe.

Como você pode imaginar, há várias maneiras diferentes de fazer a virada acontecer, mas vejamos mais alguns exemplos comuns:

Mude o meio

Um museu francês convidou influenciadores para recriar obras de arte famosas usando objetos domésticos no Instagram.

Mude o tamanho

Para arrecadar dinheiro para uma reforma, uma catedral está vendendo tijolos de Lego para os visitantes, que contribui para um modelo em pequena escala do local.

Remova algo

Um banco de sangue fez uma parceria com o município local para remover as letras A, B e O das placas das ruas para incentivar doações de sangue.

Passe o trabalho para o público

Cirurgiãs do mundo todo compartilharam selfies da sala de operações.

O objetivo da virada é, obviamente, fazer algo tão poderoso, intrigante ou divertido que as pessoas vão notar e compartilhá-lo através nas redes sociais. Além disso, frequentemente as ações notáveis receberão a atenção da mídia, cujos artigos, por sua vez, são ótimos para compartilhar como acompanhamento.

Qual é o próximo passo?

Para ver mais ideias e recursos para promover sua causa nesta temporada de doações, visite nosso hub de recursos para a temporada de doações